34º Congresso Mundial de Audiologia premia estudo brasileiro

ISA

O trabalho “Mobile Based Assistive Listening System (MoBALS): Resultados de indivíduos com perda de audição sensorioneural de grau leve” foi escolhido como melhor pôster apresentado durante o 34º Congresso Mundial de Audiologia . O evento ocorreu na Cidade do Cabo (África do Sul), de 28 a 31 de outubro.

Desenvolvido durante a Tese de Doutorado da Fonoaudióloga Fabiana de Souza Pinto Azenha, no Programa de Pós-Graduação em Fonoaudiologia – FOB USP, na linha de pesquisa Telessaúde em Fonoaudiologia, o estudo teve orientação da Profa. Dra. Deborah Viviane Ferrari, idealizadora do aplicativo gratuito MoBALS. A criação da ferramenta se beneficiou da participação do Engenheiro Esteban Alejandro Lopez, discente do Programa de Doutorado Interunidades em Bioengenharia na USP São Carlos.

Instalado em smartphones, o MoBALS permite configurar o microfone de um deles como transmissor (o do falante) e os microfones dos outros como receptores (os dos ouvintes). A transmissão ocorre por meio de wi-fi. A ferramenta cumpre a função de um microfone remoto, promovendo, assim, uma melhoria da compreensão de fala pelos ouvintes.

O pôster vencedor mostrou uma primeira pesquisa clínica com usuários de AASI apresentando perda auditiva moderada. Os resultados de entendimento de fala na presença de ruído obtidos com o MoBALS foram iguais aos obtidos com tecnologias assistivas comercialmente disponíveis.

O aplicativo deve passar por outras avaliações, por exemplo, na tese do Engenheiro Esteban Lopez, sendo a proposta testá-lo em usuários de implante coclear.

Saiba mais e altere os parâmetros.">